Confira cinco mitos e verdades sobre como cuidar das unhas

Você é apaixonada por esmaltes, adora fazer as mãos, mas ainda tem dúvidas quanto aos cuidados com as unhas? Saber cuidar bem delas ajuda a evitar as indesejáveis quebras e lascas, além de deixar o visual bem mais bonito. Pensando nisso, separamos cinco mitos e verdades sobre os cuidados com as unhas para você nunca mais ter dúvidas na hora de fazer as mãos e os pés. Depois disso, é só marcar um horário com as manicures do José Maria Vasconcelos e abusar dos esmaltes. Caso ainda reste dúvidas, elas também estarão à disposição para ajudar!

Tirar a cutícula faz mal às unhas.

Verdade. Apesar de ser um hábito bastante comum, tirar as cutículas pode fazer mal às unhas. A cutícula é uma proteção natural das unhas contra fungos, bactérias e consequentemente infecções. O ideal é apenas empurrar as cutículas e cortá-las superficialmente a cada 15 dias.

Usar esmalte escuro fortalece as unhas.

Mito. Os esmaltes escuros, assim como os claros não contém nada de especial nas fórmulas para deixar as unhas mais fortes. Muitas vezes, temos a sensação de que as unhas estão mais fortalecidas quando usamos esmaltes escuros pois eles são, na maioria das vezes, mais grossos do que os outros.

As unhas precisam ficar sem esmalte para respirar.

Mito e Verdade. As unhas não “respiram”, pois são formadas por células mortas, mas precisam sim, ficar um tempo sem esmalte. Normalmente um dia é suficiente. Isso é necessário pois os esmaltes ressecam as unhas. O ideal é que unhas e cutículas sejam hidratadas sempre.

A acetona agride as unhas.

Verdade. A acetona pode enfraquecer e ressecar as unhas, por isso, deve ser usada o mínimo possível. A recomendação é dar preferência sempre aos removedores que não sejam a base de acetona.

É melhor usar lixa do que tesoura para aparar as unhas.

Mito. Tanto a lixa quanto a tesoura são indicadas para aparar as unhas. As duas agem apenas nas pontas das unhas e não interferem na saúde das mesmas.

(Com informações do M de Mulher)

Deixe um comentário: "Confira cinco mitos e verdades sobre como cuidar das unhas"